Testemunhos

14 de julho de 2019

 

Forte presença da Mãe Rainha e Nossa Senhora Aparecida em minha vida.

 

Hoje 27 de maio de 2020, dia em que minha sogra recebia com muita alegria a visita da Mãe Três vezes Admirável de Schoenstatt. Eu sou Cleuza Reis, moro em Ribeirão das Neves Minas Gerais. Prometi a Nossa Senhora que daria o testemunho vivenciado pela minha família a pouco mais de três meses.

 

Minha Sogra Nilza Viegas Reis, era uma pessoa muito ativa mesmo dentro dos seus 76 anos de idade.

 

Participava ativamente da igreja, frequentava comigo diariamente os encontros de Círculos Bíblicos, terços, missas e por várias vezes veio ao Santuário da Mãe no Tabor da Liberdade em Confins – MG. Casada por 57 anos.

 

Mãe de cinco filhos, sendo quatro casados, avó de 8 netos e uma bisneta. Já ia minha esquecendo, estamos à espera de mais um(a) bisneta.

 

Nilza, esteve sempre presente na vida de todos, preocupava com cada um. Em 2019 a partir de agosto, percebemos grandes dificuldades na locomoção, no falar no agir de maneira mais vagarosa, no entanto por ser uma mulher que estava sempre no posto de saúde em contato com enfermeiras, médicos, fazendo sua ginástica com fisioterapeuta, deixamos de perceber talvez o quanto precisávamos ter um olhar atencioso para ela. No corre corre da vida, deixamos de reparar o que estava acontecendo.

 

Mas de repente… não era o momento de Deus.

 

O tempo passou, em dezembro do mesmo ano. Nilza começou apresentar infecção urinária, machucou o joelho e não conseguia andar com tanta destreza como de outrora. A fala ficou confusa, pensamentos incompletos, sintomas de um AVC, que não tínhamos noção da gravidade que estava ainda por vir.

 

A situação foi se agravando a cada dia, entre idas e vindas em upas por causa da infecção urinária e dores no joelho.

 

Alguém abençoado por Deus nos alertou de problemas neurológicos, que fosse necessário então fazermos uma tomografia. No dia 27/01/2020- após o exame, recebemos uma dúvida, da possibilidade de um tumor no cérebro.

 

Sem acreditar, sua filha pediu ao médico uma ressonância para que se confirmasse esse diagnóstico. Data que recebia a Mãe Rainha, iniciamos nossas orações intensificando-as para que isto não fosse verdade, mas que Nossa Senhora mostrasse a verdadeira situação.

 

E a Mãe mostrou, não foi o que queríamos, mais estava lá um tumor, que precisava ser retirado.

 

A insegurança, o medo, a angústia tomaram conta de todos. Nilza então sofre convulsões e é levada no dia 31/01/2020 para o hospital, infelizmente para nunca mais voltar. Após ser internada na Upa, foi transferida pra Santa Casa de Misericórdia -BH no dia 01/02/2020.

 

Com todos os exames em mãos, dia 03/02/2020, a médica anuncia que de acordo com a equipe médica irão operá-la na terça feira dia 04/02/2020.

 

 

Angustiados, os filhos autorizaram a cirurgia, foram quase 8hs de cirurgia. Momentos tensos para todos nós, mas com esperança de que o tumor acabasse ali. Nilza foi encaminhada para o CTI, por onde ficou em coma por 13 dias.

 

Durante todas as visitas, orientamos a todos que conversasse com ela, demonstrássemos que torcíamos pela sua recuperação, cantasse, rezasse o terço.

 

Mesmo com a fala da equipe médica que as reações e movimentos com as mãos, cabeça, era involuntárias. Que ela não estava obedecendo comandos, era preciso acordar sozinha, com um desejo dela. Estávamos sempre muito presentes visitando-a.

 

Eram momentos em que eu rezava o terço, cantava a consagração de Nossa Senhora, fazia a novena da Mãe Rainha. Levei até mesmo a capelinha da Mãe, no intuito de que pelo menos ela acordasse, mesmo que fosse pela última vez.

 

Pedimos a mãe que intercedesse por ela, para que tivesse um momento com os filhos, marido, netos, genros e noras.

 

               E para honra e Glória de Nossa Senhora Aparecida e Mãe Rainha Três Vezes Admirável, Nilza abre os olhos no dia 17/02/2020, começa a entender o que falamos, mesmo com gestos. Foi a glória para cada um, e a certeza de que tudo que se pede a Mãe através da sua intercessão seu Filho Jesus atende com o Pai. Ficamos muito felizes quando Jesus disse claramente a Nilza “levanta-te e anda”. Mas Nilza “levantou”, “andou” abrindo os olhos e entendendo o que falamos por 3 a 4 dias, dando-nos a chance de despedidas, agradecimentos e pedindo perdão. Deus atendeu nossas preces. Nos oferecendo este momento de alegria.

 

Mas… no dia 21/02/2020 – Nilza voltou a se debilitar, não sorria, não gesticulava, estava febril, estava indo embora pra se encontrar com Deus e Nossa Senhora.

 

Não queríamos acreditar mais antes mesmo de completar um mês quando tudo começou, Nilza foi se encontrar com Deus no dia 24/02/2020. Faltava apenas três dias para receber a Mãe novamente em sua casa. Mas foi se encontrar com a Mãe no céu.

 

Nos deixou fisicamente, mas está presente em pequenas ações que fazíamos juntas. Por isto amados, mesmo que não seja do jeito que queremos, a Mãe intercede sempre por nós, basta pedir.

 

             Para sua honra e Glória Nilza acordou e nos mostrou que Deus existe e jamais nos abandona mesmo na dor.

 

Cleuza Reis, Ribeirão das Neves, 27 de maio de 2020, 

 

 

 

 

 

Eu,Cláudia Patrícia,fui convidada a participar de um Momento de Oração, ocasião da Visita da Imagem Auxiliar da Mãe Rainha,na paróquia Santa Maria Mãe de Deus, do bairro União em Belo Horizonte/MG, no dia 19 de abril de 2018.

 

Recebi o Folheto da Aliança,que relatava o testemunho de uma pessoa que conseguiu oficializar seu matrimônio depois de 30 anos amasiada.

 

Fiz do testemunho minha oração,por também estar vivendo há 30 anos com o Manuel,termos 1 filho e tínhamos casado no civil em  18/09/1989.

 

Participando do estudo do livro,”Sal da Terra e Luz do Mundo”,recebi ajuda para fazer Aliança de Amor dia 18/09/18 e no dia 24/09/18,oficializamos a Celebração do nosso Matrimônio.

 

Ganhamos de presente a celebração do Pe. José Genildo Bezerra da Silva,casa de festas da madrinha e a festa organizada pelo grupo de estudo e minha comunidade São Joaquim e Sant’ Ana.

 

Nosso relacionamento mudou graças ao Sacramento.

 

Cláudia Patrícia, Belo Horizonte/MG

 

 

 

Meu nome é Silaine, moro em Lagoa Santa – MG. Recebo a Mãe e Rainha todo dia primeiro de cada mês desde quando me casei há 14 anos, amo Nossa Senhora, minha mãezinha querida que tenho a certeza de que sempre intercede por mim e minha família.

 

No início do mês de Agosto/2017, levei meu filho de 12 anos ao médico e foi diagnosticada uma doença que me deixou completamente desesperada e aflita. A partir de então não conseguia me controlar, perdia noites de sono, sentia muita vontade de chorar o tempo todo, enfim, não conseguia ter forças para enfrentar a situação.

 

Foi então que ao encontrar com minha Tia Maria, Missionário na Igreja do Campinho, contei o ela todo o situação e o momento difícil que estava enfrentado e elo ao me ouvir, sentiu todo seu corpo se arrepiar e me disse que fizesse a Novena da Mãe e Rainha de Schoenstatt, com muita Fé, que meu filho por intercessão de Maria nossa mãe alcançaria a cura.

 

Naquele instante senti minhas forças e minha Fé mais fortes e uma vontade imensa de iniciar minha novena, mas algo parecia tentar me enfraquecer, não conseguia nem mesmo encontrar o meu livro que há anos guardava no mesmo lugar, mas não deixei me abater! Pesquisei no internet e imprimi a novena da Mãe e Rainha e então fervorosa Iniciei a linda novena.

 

No segundo dia de minha Novena, liguei na clínica médica poro marcar o retomo do meu filho que foi agendado exatamente para o dia em que terminava a minha Novenal Providência Divina! Tinha a certeza que a curo já havia sido alcançada!

 

Ao retomar à clínica, o médica constatou que meu filho estava curado! E então eu disse: A Mãe e Rainha passou na frente, de uma forma tão misericordiosa, acolhedora, e por sua intercessão meu filho alcançou a cura! E eu alcancei a alegria de ver meu filho curado e o renascimento, humildade, fidelidade, confiança e amor incondicional à Maria.

 

Ofereço ao Capital de Graças todo a minha vida e de minha família, com suas alegrias e tristezas, vitórias, derrotas, por meio da Mãe e Rainha e para a maior Honra e Glória de Cristo.

Amém.

Silaine – Lagoa Santa/MG

 

 

 

Meu nome é Denise, e hoje venho dar o meu testemunho de uma das muitas graças que recebi, por intercessão da “Mãe Rainha”.

 

Em 2009 meu marido passou por uma cirurgia e em 2012 ele sofreu um AVC, ficou dois meses hospitalizado. Nessa época minha filha estava trabalhando em uma Cia Aérea no Brasil. Devido o seu pai ter ficado com sequelas eu não tinha condições de cuidar sozinha, e nem de pagar um cuidador.Foi então que minha filha decidiu sair do emprego.

Os meses foram se passando e graças à Deus ele foi recuperando. Após um ano e meio ele já estava bem melhor. Foi então que Larissa resolveu voltar a trabalhar, mas estava preocupada, pois tanto tempo fora do mercado. 

 

Eu disse a ela que confiasse na “Mãe Rainha” que Ela iria ajudar. Larissa enviou vários currículos. Em maio de 2014 ela recebeu um e-mail para fazer prova de seleção numa Cia Aérea Internacional. Entre tantos candidatos ela conseguiu passar na 1ª etapa, e ficou aguardando para ser chamada para fazer as outras.

 

Em junho no dia 20 ( dia em que recebo a visita) a Mãe Rainha foi chegando em minha casa o e-mail que ela estava esperando chegou. Passou pelas outras etapas e foi aprovada. 

Ficamos aguardando o e-mail final, que era avisar em que dia iria. Em julho nada, quando foi em agosto no dia da visita da Mãe Rainha, ela estava atrasada, e Larissa preocupada porque outras meninas já haviam recebido o e-mail confirmando o dia, só ela que não. 

Falei pra ela que confiasse na Mãe Rainha, pois Ela estava atrasada porque estava trazendo o seu e-mail.

 

E assim foi, quando a senhora veio trazer a Mãe Rainha que entrou em minha casa, minha filha falou “Mãe, o meu e-mail chegou, devo partir dia 11/09/2014”. Minha filha conseguiu realizar o seu sonhos, continua trabalhando lá. 

 

Eu, meu marido e meu filho, sentimos muitas saudades, mas é o que ela sempre quis. 

Agradeço à Deus e a intercessão da Mãe Rainha na minha família, e por cuidar dos meus filhos.

 

A cada dia que passa me sinto mais perseverante. Minha Mãe Rainha eu confio em vós. 

Denise G. Mól Nogueira – Sete Lagoas/MG

 

 

 

No início de 2017 meu marido foi diagnosticado com câncer de bexiga, após a realização de exames de rotina. 

 

Fiquei desesperada e muito triste, imaginando que iríamos passar dali para frente. Me lembrei da minha saudosa mãe que tinha uma imensa fé e confiança na Mãe Peregrina, e sempre me dizia que todos os seus pedidos eram sempre atendidos. Entreguei meu marido à Mãe rainha, pedindo fervorosamente, que intercedesse em seu favor. 

 

A partir daí, me senti amparada, consolada e confiante de que tudo daria certo. A cirurgia foi realizada com sucesso sem necessidade de tratamento adicional.

 

Periodicamente são realizados exames, e os resultados são excelente, sem recidivas. Meu marido está totalmente curado, cheio de vida e muito feliz. 

A Mãe querida me atendeu, ouviu minhas orações. Hoje só tenho a agradecer à Mãe Rainha Três Vezes Admirável pela sua intercessão e pelo milagre que o senhor operou na minha família.

 

Dou meu testemunho em agradecimento à  Mãe e Rainha pela grande graça alcançada.

 

Mary Diniz Marques Corrêa – Lagoa Santa/MG

 

 

Eu sou coordenadora do movimento da Mãe e Rainha de São Brás do Suaçuí / MG. Hoje e como todos os dias, minutos e segundos é uma bênção de Nossa Senhora, Nossa Mãe e Deus nosso Pai. É uma luta a vida, mas sem luta não somos ninguém. Em agosto de 1999 aconteceu um grave acidente, comigo, meu marido, e meu irmão, na hora gritei Mãe Rainha me ajuda a não acontecer nada além do que não podemos aguentar. Meu irmão não teve nada, meu marido perdeu um pouco da visão. E com a fé na Mãe, ele foi se recuperando. Hoje ele é falecido, mas não foi do acidente. Eu quebrei o fêmur, entortei a coluna, mas com minha fé recuperei. Hoje mas uma vez estou aqui, não só para agradecer por mim, mas por todos, minha família principalmente. A fé é tudo, mas temos que acreditar, sonhar e correr atrás. A Mãe e Rainha é tudo.

 

Maria das Graças Silva Santos, São Brás de Sauçuí / MG

22/10/2017

 

 

Em 2009, eu não sabia rezar o terço e a minha tia me chamou pra rezar, moramos em Varzelândia. Eu arrepiei, e senti que eu tinha sido tocada, minha tia disse que eu iria receber uma graça. No outro dia, viajamos de carro e sofremos um acidente. Minha filha ficou debaixo do carro, machucou toda. Mas sobreviveu, e quando pensamos que ela precisaria fazer uma cirurgia reparadora, ela obteve o livramento de toda a dor, ficou curada e hoje anda normalmente. Sem cirurgia alguma. Hoje até neta eu tenho. 

Desse dia em diante, não me vejo sem Mãe Rainha na minha e de minha família. Sou devota e rezo o terço em agradecimento por todas as graças que recebo todos os dias da minha vida. Só graças desse dia em diante. 

 

Maria de Fátima – Varzelândia/MG

© 2020 Schoenstatt. Todos Direitos Reservados

Weblite