Hoje é dia de celebrar João Luiz Pozzobon

12 de dezembro de 2020

 

 

O dia 12 de dezembro é especial para a Família de Schoenstatt brasileira: recordamos o nascimento do Diácono João Luiz Pozzobon no ano de 1904. Iniciador da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt, João Pozzobon foi o instrumento escolhido por Maria para levar sua imagem de graças aos lares de milhões de famílias, não apenas no Brasil, mas no mundo inteiro.

A vida e a obra de João Pozzobon dão testemunho das palavras do Pe. José Kentenich que, por suas visitas ao Brasil e no contato com nossa cultura e com nosso povo percebeu que Maria está na alma do povo brasileiro, no íntimo de seu ser: “O Brasil deve tornar-se terra mariana, nosso povo deve tornar-se mariano, não apenas numa atitude receptiva, mas numa atitude de colaboração, tal como nós colaboramos com nossas palavras e nossas ações…” (Jacarezinho/PR, 28.04.1947)

Anos mais tarde, ele reconhece o atuar da Mãe de Deus e quantos filhos ela atraiu ao Santuário e para a Aliança de Amor: “E pelo que posso julgar e constatar de longe, são em geral caracteres genuínos, dos quais se pode esculpir algo de grande. Quero exprimir-me de outra maneira: material do qual se pode esculpir santos. Depende somente se nós somos verdadeiros escultores…” (31.05.1967)

João Luiz Pozzobon é um filho original da Família de Schoenstatt brasileira. E pode ser considerado obra prima das mãos de Maria, formado na escola do Santuário. Nele, a experiência de Aliança cresceu até uma íntima união de vida com Maria. Uma expressão sua e um exemplo de sua vida podem ilustrar muito bem esta realidade. Sr. Arendes[1] conta:

 

“Tomei nota do dia em que ele fez a renovação da consagração: domingo 8 de dezembro de 1973. (…) Ele estava no Santuário, ao lado esquerdo da mesa da comunhão. A Mãe Peregrina estava na frente, numa mesinha, a vela do lado dele. Ele começou, dizendo: ‘Querida Mãe, depois de uma “forçada” Campanha, nós os dois estamos aqui juntos no teu Santuário para fazer a entrega dos sacrifícios de toda a Campanha deste ano.’

Posso dizer que esta expressão ‘Nós os dois’ exprime toda a profundidade da Aliança de Amor. (…) ‘Nós os dois’, isto quer dizer, a Mãe e Ele estão agora voltados para o lar, o Santuário. (…) é uma profunda vivência de Aliança de Amor entre os dois, uma verdadeira união através das palavras ‘Nós os dois’. Logo, aqui, não há somente ideia de Aliança, o que existe é vida de Aliança. Ele vivia esta Aliança nas pequenas coisas, diariamente.”

 

Graças à iniciativa e à fidelidade de João Luiz Pozzobon, a Mãe e Rainha, Peregrina de Schoenstatt visita inúmeros lares, presenteando a graça do seu amor que impulsiona a buscar uma vida de santidade, esculpindo em muitos corações as virtudes de seu próprio coração maternal.

Louvamos e agradecemos a Deus pela vida e obra do Diácono Pozzobon, aquele que se intitulava o “burrinho de Maria”, entregue filialmente à vontade e aos desejos de sua Mãe e Rainha. Neste dia, rezemos por sua canonização, a fim de que a partir do céu, João Pozzobon continue a iluminar a vida e o caminhar de muitas famílias, especialmente daquelas que passam por momentos de aflição e dificuldades.

Louvado seja o Deus Uno e Trino pela vida e pela obra do Servo de Deus, João Pozzobon!

 

 

Fonte: https://www.maeperegrina.org.br/noticias/hoje-e-dia-de-celebrar-joao-luiz-pozzobon/

 

 

Referência:

[1] Germano M. Arendes pertencia ao Instituto dos Irmãos de Maria de Schoenstatt e era amigo de João Pozzobon

Compartilhe

© 2021 Schoenstatt. Todos Direitos Reservados

Weblite