ENCONTRO DE DIRIGENTES E MEMBROS DA LIGA DE FAMÍLIAS 2022

2 de agosto de 2022

 

 

 

 

 

 

 

 

O encontro contou com casais de diversas cidades do Brasil e especialmente com quatro casais representando o Santuário Tabor da Liberdade de Confins. Com uma programação inspirada em assuntos contemporâneos e ricos em reflexões e possibilidades de novas práticas a partir da indicação do Papa Francisco no contexto da Sinodalidade e da Pedagogia de Schoenstatt, as atividades foram distribuídas em: Oração de abertura e bênção Santíssimo no Santuário; Palestras Sinodalidade na Família e Impulso de VidaPe. Marcelo; Painel interativo – Ir. M. Gislaine; Conhecimento e Estudo sobre o Congresso de Pentecoste “Carta fraterna” e Caminho de bênçãos – 50 anos do Santuário da Permanente Presença do Pai; Meditação a Alegria e Palestra: Alegria e beleza matrimonial.

 

 

Cabe-me compartilhar importantes reflexões desse precioso encontro para oportunizar a cada leitor situar-se como membro da Liga de Famílias, sendo um Ser Humano único e que recebe graças como casal, a partir do sacramento do matrimônio e incentivá-lo a buscar o caminho da permanente autoeducação.

 

 

A Família é terra fértil, onde crescem as pessoas novas para transformar a realidade do mundo. Não podemos ignorar nossa missão, pois é o primeiro lugar que se aprende e experimenta o amor humano.

 

 

O Diretor do Movimento Apostólico de Schoenstatt para o regional Sudeste, Padre Marcelo Pablo Aravena Gutierrez discorreu sobre a Sinodalidade reafirmando o nosso compromisso de escutar, dialogar e comunicarmos em família, de caminharmos juntos, sendo a Sinodalidade uma ferramenta para construir uma família em Espírito de Amor. Disse que a “família é o tecido social da atualidade, é lugar de união, é ela que oferece ao homem um canal para realização dos anseios mais profundos. A Família é presença permanente de Deus! Sugeriu que precisamos ser Família acolhedora, sair de nós para irmos ao encontro do outro, caso contrário a sociedade se tornará fria e inabitável.” Devemos testemunhar a beleza da família, defendê-la e protegê-la. Padre Kentenich já dizia: nossa missão é “proteger, fomentar e salvar a família custe o que custar”.

 

 

Outro tema muito importante foi apresentado pelo casal Cassiane e Marcos Weizenmann que representaram o Brasil no Congresso de Pentecoste, o qual foi concluído com uma carta fraterna “Vós sois a minha carta” que nos convida a sermos cartas vivas para caminharmos juntos, conhecermos as realidades e ousarmos novas aberturas de forma crítica, pedagógica e aberta, através da Sinodalidade orgânica: cultura do diálogo e da escuta. Destaque no Congresso para o testemunho de jovens que pediram a palavra, foram ouvidos e interviram diretamente na elaboração da carta. O casal concluiu a palestra convidando os presentes a pensarem o protagonismo dos leigos no Movimento de Schoenstatt e capacitá-los para assumirem responsabilidades no movimento e na sociedade gerando uma atmosfera de abertura, em diferentes circunstâncias para trabalhar em rede e alcançar especialmente os marginalizados.

 

Houveram painéis interativos como impulso de vida, através de testemunhos de casais que vivenciam: 1.Vida de Aliança de Amor caminho santidade; 2. Vida de Apostolado caminho de santidade; 3.Vida de vínculos com Fundador caminho de santidade e 4.Vida de sacramentos caminho de santidade.

 

A missa de sábado foi celebrada pelo Padre Marcelo que proferiu uma homilia refletindo sobre alguns perigos que nos cercam como seres humanos: 1- É um perigo sonhar com Família perfeita (devemos amar famílias reais com compreensão, paciência e confiança, que possuem valores e limitações, graduando o ideal para alcançar o futuro); 2- Incapacidade de mudar (estar disposto à mudança pode causar grandes atritos, contudo não existe a santidade sem grandes mudanças. Deus nos leva por caminhos desconhecidos, portanto a mudança requer humildade, coragem, fé e simplicidade); 3 – Julgar os outros mentalmente e verbalmente (julgar destrói todas as relações; julgar permanente dificulta a saúde mental; a diferença entre nós, nos leva a julgar e criticar com facilidade) e apresentou atitudes que podem substituir os comportamentos perigosos, como:  1- Expressar a minha opinião e verdade com muito amor e sem juízo moral; 2- Limitar meus comentários sem julgar as pessoas; 3- Condenar o pecado sem condenar o pecador; 4- Elogiar no público e corrigir no privado e concluiu “Etiquetar pessoas é não acreditar que a graça pode transformá-las”.

 

No domingo, a palestra “A alegria e a beleza matrimonial” ministrada pelo casal Alessandra e André Ferreira abordou a alegria no casamento mesmo nas dificuldades e indicou 7  pilares importantes para manter a alegria no matrimônio; 1- Falar bem do cônjuge; 2- Praticar o perdão; 3- Sair da rotina (o casal); 4- Cuidado de si e do cônjuge; 5- Olhar o ponto de vista do outro; 6- Decisão definitiva de estarem juntos; 7- Fazer do cônjuge a nossa prioridade.

 

 

O encerramento aconteceu com a Missa de Envio, celebrada pelo Padre Marcelo, com a homilia apontando: O amor ao próximo como o mais importante; Devemos ser pais mais tolerantes no amor fraterno que reina em nossas famílias e em nossos lares; Pais dispostos a dar suas vidas por seus filhos e Praticar o amor fiel, livre e criativo. Para finalizar perguntou: “O que vamos fazer para crescermos no amor a Cristo?  1- lutar contra o egoísmo que está dentro de nós mesmos; sair de nós para amar (somente a renúncia do amor egoísta torna o homem livre, aberto e generoso para amar) 2- para amar uma pessoa precisamos conhecê-la, ninguém ama um desconhecido, e concluiu “ É na pessoa de Jesus Cristo que reconhecemos e encontramos a Deus, portanto precisamos dedicar tempo para conhecer Jesus, ler o evangelho e falar com ele”.

 

 

O Encontro marcou profundamente os participantes indicando-os uma nova missão como casal da Liga de Famílias de Schoenstatt, de serem multiplicadores do que experimentaram e divulgarem a carta fraterna a partir da cultura da Aliança de Amor, que representa a cultura do encontro.

 

 

 

Por Danielly Araújo

 

 

 

 

Compartilhe

© 2022 Schoenstatt. Todos Direitos Reservados

Weblite