Celebração do 18º Aniversário do Santuário Tabor da Liberdade- 23/05/2021

29 de maio de 2021

 

 

 

Com muita alegria e gratidão a Família de Schoentatt reuniu-se no Santuário Tabor da Liberdade mais uma vez para dar continuidade às festividades do 18° aniversário, programadas para os dias 16 e 23 de maio com as celebrações da Ascenção do Senhor e da Solenidade de Pentecostes, respectivamente.

 

O Santuário tornou-se um  Cenáculo, com participação restrita devido à pandemia, tivemos representantes de Belo Horizonte, Betim, Confins, Contagem, Lagoa Santa, Matozinhos, Pedro Leopoldo, São José da Lapa, etc,  juntamente com a Mãe de Deus, Rainha da Liberdade e Rainha dos Apóstolos,  imploraram os dons do Espírito Santo.

 

Após a oração do terço, houve a Benção do Santíssimo Sacramento quando cada peregrino pode dirigir sua súplica e fazer a adoração pessoal a Jesus Sacramentado.

 

 

 

 

 

A Santa Missa foi celebrada pelo Pe. José Genildo Bezerra da Silva, pároco da Paróquia São José e Assistente Religioso do Santuário, fez a motivação proclamando que: “O amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo, que habita em nós. Aleluia! Feliz coincidência de celebrar o 18° aniversário do Santuário justamente na festa de Pentecostes. O Espírito Santo é doador de uma espiritualidade e dos carismas da igreja. Vejam aqui neste lugar, esta fundação, é fruto de uma espiritualidade e de um carisma que nasce com a intuição de seus fundadores, mas tem raízes no Espírito Santo com ação divina na vida dos fundadores de comunidades, congregações e institutos”.

E ainda destacou:

“Quando chegamos aqui no Tabor da Liberdade vivemos um momento muito forte porque nos encontramos com Maria a Estrela da Evangelização, a primeira Missionária que continua a evangelizar ainda hoje, através de seus Santuários, de nossas paróquias, de nossas famílias, com a visita da Mãe Peregrina e com os Santuários Lares”.

 

 

 

 

 

No momento de ação de graças, a Assessora do Movimento de Schoenstatt, Ir. Adriane Maria Barbosa convidou a se consagrarem à Mãe de Deus aqueles que selaram a Aliança de Amor colocando os que fundamentaram este santuário, há 18 anos, e aqueles que até hoje continuam a trabalhar para que neste lugar seja “bom estar”, de peregrinações e de graças com este carisma.

 

 

 

 

 

Antes da benção final, Pe. Genildo fez o apagamento do Círio encerrando o tempo Pascal pedindo que a luz e os dons do Espírito Santo permaneçam em todos.

 

 

Por: Rita Muniz Carvalho e  Maria da Conceição Moreira Braga

 

 

Compartilhe

© 2021 Schoenstatt. Todos Direitos Reservados

Weblite