31 de maio: A família e a cruzada!

22 de maio de 2024

 

 

Como a vida familiar ajuda a realizar a cruzada do pensar, amar e viver orgânico?

Família Pieralisi* – Para nós é muito claro: a nossa família ajuda a realizar esta cruzada construindo um lar, onde se aprende a amar e se forja vínculos. Amar de uma maneira profunda, estável e duradoura. Vínculos naturais e sobrenaturais.

O Santuário Lar

Para nossa família, o decisivo foi e é o Santuário Lar. O seu nome/ideal expressa esta verdade por si só: “Atadora de Vínculos, Rainha do 31 de Maio (Rainha Indivisa Christi)”. Dom Bosco dizia que Nossa Senhora caminhava pelos corredores da casa das Irmãs. O mesmo podemos testemunhar quando convidamos Maria a vir se estabelecer em nossa casa, damos a Ela um lugar de honra, e pedimos que Ela seja a nossa Educadora e nos ajude a sentir e saber amados por Deus. Sim, Maria nos ensinou e nos ensina a amar. Ela teceu e tece nossos vínculos com Deus, entre nós e com outras pessoas, conosco mesmos pessoalmente, com a Igreja, com lugares, com o mundo do trabalho e com a natureza.

Além de ser um lugar de oração, no Santuário Lar integramos nossa vida à vida escolar e do trabalho (colocamos o boletim escolar, as inscrições para os Concursos no altar do Santuário Lar), à vida da Igreja (configurando o Santuário Lar com os tempos litúrgicos), à vida de tantas pessoas (caderneta de oração e convites de aniversários/casamentos no altar do Santuário Lar).

Com o Santuário Lar, nossa casa se transforma em “lar”, onde sempre é bom estar, nosso lugarzinho predileto; onde nos sentimos amados e valorizados; onde nossos vínculos tem sua raiz; onde se faz história com alegria.

 

 

Aniversários de Nascimento (cartinha) e Batismo (Top 10)

Neste diálogo onde se cultiva e cresce o amor e os vínculos, cantávamos os “Parabéns para você” no Santuário Lar, quando nossos filhos eram pequenos, pois o céu também se alegra com este momento. Hoje, com os filhos crescidos, em cada aniversário, todas pessoas da família escrevem uma cartinha para o aniversariante e ali expressa o quanto esta pessoa é importante e preciosa.

Nos aniversários de Batismo fazemos o “Top 10”, onde escrevemos seus dons e riquezas pessoais (começou com 10 características, hoje já passa das 50). O dia do Batismo foi a nossa “anunciação”, quando Deus nos chamou pelo nome, nos tomou pela mão, nos disse para não temer, pois está sempre conosco, e gravou em nosso coração que somos seus filhos muito amados. Em cada aniversário de Batismo, Deus faz isto de novo, por meio de nossa família, com o nosso abraço e com o “Top 10”.

Nome do Natal e do Ano que se inicia

Em cada Advento, partilhamos em família como foi nosso “pensar, viver e amar” durante o ano que se passou. Fazemos memória dos “mistérios gozosos, luminosos, dolorosos e gloriosos” que vivemos. Entregamos “tudo” a Deus no altar, durante a Santa Missa da Noite Santa (Natal).

Junto com esta entrega, nos questionamos o que Deus poderia nos dizer em uma palavra ou uma frase. Esta palavra ou frase é o nome de nosso Natal e do novo ano que se inicia. E assim já vivemos o Natal e Ano da “criança interior”, “vitória”, “gratidão”, “almenara”, “travessia”, “confiança vitoriosa no Amor Misericordioso de Deus”… Ah, e também cada pessoa escreve uma cartinha para o Aniversariante Jesus.

 

 

Chama que incendeia outras

Estes são alguns exemplos de como nossa família e o 31 de Maio se encontram neste estar e ser “um no outro, com o outro, para o outro, no coração de Deus”. Como seria bom se as famílias pudessem partilhar como ajudam a realizar a cruzada do pensar, viver e amar orgânicos na prática, na vida. Assim, poderíamos vivenciar como uma chama incendeia outras, fazendo do mundo um mar de chamas do Amor de Deus!

Queremos, por fim, dar uma sugestão…

Uma sugestão

Em seu livro “O 31 de Maio – Uma missão para nosso tempo“, o Pe. Rafael Fernandez explica num capítulo inteiro porque a família é um verdadeiro laboratório do “31 de Maio’”. Da leitura, meditação e oração destas linhas, aprendemos muito sobre esta relação profunda entre a cruzada do pensar, amar e viver orgânico e a vida familiar. Faça esta experiência e, sem dúvida, vão se abrir novos horizontes e muita criatividade nas vivências de sua família.

 

*Contribuição da Família Pieralisi: Edson e Rosângela, Gabriel, Rafael e Beatriz Pieralisi

 

acessado em: https://schoenstatt.org.br/2024/05/22/31-de-maio-a-familia-e-a-cruzada/

 

 

Compartilhe

© 2024 Schoenstatt. Todos Direitos Reservados

Weblite